Marcos Vilaça reeleito para 2011 na ABL

Também na quinta, a Academia Brasileira de Letras reelegeu o advogado, escritor e ensaísta Marcos Vinicios Vilaça presidente da casa para 2011. A sessão que o apontou por unanimidade contou com a presença de metade dos acadêmicos, mas boa parte já havia votado por carta. Vilaça exerceu o cargo pela primeira vez no biênio 2006/2007 e voltou a ser eleito para o ano que está terminando - pelo regulamento, o presidente pode exercer o cargo por apenas dois anos consecutivos. A nova diretoria contará com Ana Maria Machado, eleita na chapa de Vilaça como secretária-geral; Domício Proença Filho, como primeiro-secretário; Murilo Melo Filho, segundo-secretário; e Geraldo Holanda Cavalcanti, tesoureiro. "A ABL não foi feita para entesourar cultura, mas para socializá-la", disse Vilaça, após prometer modernizar a casa.

Raquel Cozer, O Estado de S.Paulo

12 de dezembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.