Marcos Palmeira entra em cena em Belíssima

Quando o assunto é TV, Marcos Palmeira tem uma auto-definição pronta na ponta da língua: "Estou sempre fazendo o bonzinho", diz o ator. Em Belíssima, não será diferente. Longe das novelas desde Celebridade, de 2003, entra em cena nesta quarta-feira para viver o incorruptível delegado Gilberto Moura. Gente de boa memória deve se lembrar que o ator já trabalhou com Silvio de Abreu em Torre de Babel (1998). Na ocasião, interpretava um advogado careta, certinho, características agora herdadas pelo delegado.Fazer par com Cláudia Abreu, que na novela das oito interpreta Vitória, também não é novidade para Palmeira. Os dois, aliás, são amigos de infância. Em Celebridade, viveram às turras em volta da mocinha Maria Clara (Malu Mader): ele, tentando conquistá-la; ela, posando de secretária fiel para se vingar da moça. Em Belíssima, Cláudia e Palmeira vivem um romance tranqüilo. Segundo o ator, talvez a dupla se case no final da história. Este é um sinal de que o destino amoroso do mecânico Pascoal (Reynaldo Gianecchini) deve ser mesmo a fogosa Safira (Cláudia Raia).Vitória conhece Gilberto na delegacia. Desesperada com as ameaças de seqüestro sofridas por Sabina (Mariana Ruy Barbosa), ela procura ajuda policial. "Minha filha está sendo ameaçada de seqüestro!", diz a personagem, entre lágrimas. O delegado lhe dá um copo de água e pede que ela conte toda a história. Gilberto se surpreende ao descobrir que Vitória tem muitas informações sobre o caso que ele vai investigar: a misteriosa morte de Valdete (Leona Cavalli).Como em novela todo mundo se apaixona à primeira vista, o delegado logo combina um jantar com Vitória no restaurante Tebas. A cena, gravada com mais de 20 figurantes, também vai ao ar nesta semana, com direito a chiliques de ciúme de Pascoal. Também é nos próximos dias que Gilberto dá ao público a primeira amostra de seu bom-mocismo. Um homem aparecerá na delegacia oferecendo dinheiro em troca do silêncio do delegado na investigação do assassinato. A tentativa de suborno foi encomendada por Bia Falcão (Fernanda Montenegro) e seu comparsa, o advogado Medeiros (Ítalo Rossi).Tudo em famíliaMarcos Palmeira e Cláudia Abreu devem atuar juntos também em Copacabana, a próxima novela de Gilberto Braga. Prevista para o início de 2007, a trama será dirigida por Dennis Carvalho e Amora Mautner, namorada de Palmeira. "Gilberto Braga volta de Paris nesta quarta, dia 30, e agora vamos marcar reuniões para fechar o restante do elenco. Eu também gostaria de participar da direção da próxima minissérie de Glória Perez, mas precisava de férias", adianta Amora. Ela, que dirigiu a bem-sucedida JK em janeiro, comemora a boa repercussão da minissérie fazendo projetos para novas produções. "Trabalho com TV há dez anos, mas acho que o trabalho das pessoas precisa de certo tempo para repercutir. A recepção de JK foi tão boa que me despertou a vontade de trabalhar com outras áreas", conta . Nos planos dela, está uma estréia no teatro. Trata-se de um espetáculo com Camila Morgado. "Estamos estudando alguns textos. A idéia é montar uma temporada para São Paulo e Portugal"

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.