Marcos Mion troca MTV pela Band

Qual será o próximo prato de Marcos Mion? Menos de dois meses depois de celebrar, no VMB 2001, a emissora que o fez "passar do miojo à pasta"- referindo-se à experiência no programa Sandy & Junior, da Globo, seu primeiro trabalho na tevê -, o festejado VJ deixa agora a MTV.É o mais novo contratado da Rede Bandeirantes, onde, especula-se, irá ganhar, a partir de janeiro de 2002, R$ 50 mil por mês para comandar uma atração diária, noturna e ao vivo."É provável que ele entre no horário do Superpositivo", disse a assessora do apresentador - referindo-se ao programa originalmente a cargo de Octaviano Costa, hoje contratado da Record - ao confirmar ontem que, sim, Mion assinou um termo de compromisso com a Band já na última sexta-feira.No mesmo dia, ele participaria de uma reunião na MTV para a renovação de seu contrato. "Depois de ser sondado pela Band, Mion comunicou à MTV que ficaria na casa", contou um funcionário da emissora musical que pediu para não ser identificado."Acertou, verbalmente, novo salário e a estréia de um programa no ano que vem. Mas horas antes de assinar o contrato avisou que tinha sido chamado novamente pela Band e que iria até lá. No domingo ficamos sabendo, pela imprensa, que ele tinha assinado com eles." Pelos corredores da MTV, comenta-se que a atitude de Mion foi "pouco ética".Sobraram farpas até mesmo para Babi, a namorada dele, ex-apresentadora do Erótica MTV e atual do Programa Livre. "A Babi também comunicou o acerto com o SBT pelos jornais. O Mion fez mais: usou a imprensa para leiloar a si mesmo", disse outra fonte da MTV.Procurado pela reportagem, o VJ declarou, por meio de sua assessoria, "ser muito grato à MTV e estar tranqüilo em relação à maneira como deixa a casa". E reiterou que irá apresentar Uá Uá MTV (diário) e Piores Clipes do Mundo (semanal) até 31 de dezembro - quando seu atual contrato chega ao fim. Mas é possível que, a exemplo do que fez com Babi no final de 1999, a MTV o tire do ar antes.Mion estreou como VJ em janeiro do ano passado - dois anos depois de ser aprovado num teste na MTV que só não lhe rendeu um contrato por falta de vagas. Trabalhava na Globo, no programa Sandy & Junior (interpretando Max, um garoto tímido e judeu), quando ligou para a emissora musical e perguntou se, enfim, havia surgido uma chance.Poucos meses depois de entrar para o cast da MTV, tornou-se a principal atração da casa. Apresentou diferentes programas, foi escalado como mestre-de- cerimônias do último VMB e do Especial MTV Roberto Carlos, já gravado, a ser exibido nesta sexta-feira. Com a saída dele, a MTV perde um profissional de talento. E Mion perde o apoio de uma emissora conhecida por revelar - e dar espaço - a talentos. Só o tempo vai dizer quem perdeu mais.

Agencia Estado,

10 de outubro de 2001 | 10h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.