Márcio Ribeiro sobe ao palco sábado em stand up

"Venha Antes Que Eu Acabe" é o título do monólogo-comédia que os brasileiros decidiram manter no nome o estilo que ficou famoso nos Estados Unidos: Stand Up Comedy. O importante é que esse estilo tem feito fama no meio teatral e tem ajudado muitos atores a ver a vida de outra forma. Não é por acaso que o ator Márcio Ribeiro escolheu entrar nessa praia com esse tema: o espetáculo surgiu após ele ter sofrido dois enfartes e resolveu mudar de vida e contar a sua história.

AE, Agência Estado

03 de março de 2011 | 15h08

"Apesar de ser um solo é como se fosse um bate papo muito divertido e informal com a plateia onde conto minhas histórias. Eles têm adorado, eu também", garantiu Márcio, em entrevista à assessoria de imprensa Morente Forte, que distribuiu o texto à imprensa. O espetáculo, que sai de cartaz no dia 26 de março, ocorre às sextas e sábados. Mas por causa do carnaval, haverá só a apresentação no sábado, às 23h59, no Teatro Nair Belo, em São Paulo.

Márcio ficou conhecido na TV por apresentar o programa infantil X-Tudo, que era exibido pela TV Cultura. Hoje, reveza-se na pele do professor de português, Romero, na novela "Malhação" e fazendo piada de si mesmo, no show stand up. É um dos fundadores do Clube da Comédia, com Marcelo Mansfield, e do Comédia ao Vivo, com Danilo Gentili, os dois principais grupos de stand up de São Paulo.

Histórias que poderiam ter sido motivo do encerramento de sua carreira, mas acabaram dando estímulo para a sua continuidade, são transformadas em piada por Márcio, com maestria e muito bom humor. "Se eu deixasse me levar pelos enfartes que já tive, não faria nem um décimo do que faço hoje . Resolvi me divertir com tudo isso e divertir o público", reforça, no texto enviado à imprensa.

Venha antes que eu acabe

Teatro Nair Bello

Shopping Frei Caneca

Rua Frei Caneca, 569, 3° andar.

Tel.: 3472-2414

Sábado, às 23h59

Vendas: www.ingresso.com e tel.: 4003-2330

Duração: 70 minutos

Recomendação: 14 anos

Gênero: Comédia stand up

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.