Marcelo Rubens Paiva, novo colunista do Caderno2

O escritor e dramaturgo Marcelo Rubens Paiva é o novo colunista do Caderno 2. O autor do best seller Feliz Ano Velho, vai ocupar a partir deste sábado, o espaço semanal que durante 15 anos foi da escritora Rachel de Queirós, autora de um clássico da literatura brasileira, O Quinze, primeira mulher a entrar no time da Academia Brasileira de Letras e que morreu dormindo, em novembro passado aos 92 anos.Marcelo Rubens Paiva tem 45 anos e ao lançar Feliz Ano Velho, em 1982, tornou-se uma espécie de representante literário dos anos 80. No romance meio autobiográfico, ele conta o episódio dramático que mudou por completo sua vida, quando mergulhou de cabeça num lado e ficou paraplégico. O livro contém ainda lembranças de sua juventude e de seu pai, o deputado federal Rubens Paiva, morto em janeiro de 1971, um dia após ser preso pelo regime militar. Além de vender mais de 700 mil exemplares, o livro foi adaptado para o teatro, com direção de Alcides Nogueira e chegou às telas do cinema com o diretor Roberto Gervitz, e foi adotado por várias escolas. Paiva escreveu ainda Blecaute e o policial Bala na Agulha, além de vários textos para o teatro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.