Marcello Antony e Vladimir Brichta em quadro do Fantástico

Marcello Antony e Vladimir Brichta discutem dentro de um Citroen 1963 se o dinheiro traz ou não a felicidade. Marcello tem e acha que não, Vladimir não tem e tem certeza de que sim. Este é o esquete "Inveja", do especial "Os Sete Pecados Capitais", que foi gravado na segunda-feira passada e vai ao ar em 17 de dezembro, já na programação de fim de ano. Como o título indica, serão sete esquetes de quatro a cinco minutos cada um, distribuídos pelo "Fantástico", num formato inusitado."Algumas histórias são curtas, como anedotas. Perderiam a força se esticadas para uma ou meia hora", explica o autor e diretor do especial, João Falcão. "Como o quadro é sobre a inveja, precisava de dois galãs, que dão inveja nos homens normais, além de serem excelentes atores."Cada história aborda um pecado capital sobre ângulos diversos, até misturando-os. "Meu personagem é o Gastão (primo sortudo do Pato Donald), que gosta de se exibir para o amigo. Então ele tem um pouco de soberba também", conta Marcello. Para Vladimir, que está em férias até dezembro, quando começa a filmar com Guel Arraes uma versão cabocla de Tristão e Isolda, um trabalho tão curto tem mais apuro. "Dá para se apegar aos detalhes. Neste esquete, um personagem tem inveja das qualidades do outro."Os outros esquetes já foram gravados. Alguns são monólogos, como Ira (com Bruno Garcia), Luxúria (Deborah Secco), Preguiça (Luana Piovani), Avareza (Lázaro Ramos) e Soberba (Selton Mello). Já Gula é um dueto entre Beth Goffman e Aramis Trindade (o visconde de Sabugosa do "Sítio do Pica-Pau Amarelo"). "Mas o pecado não é abordado diretamente. Soberba, por exemplo, traz um cara que acha que tudo dá errado por um complô. Em Ira, alguém fica bravo até com o despertador", adianta Falcão.Em tempo, apesar do Citroen 1963, "Inveja" não é de época. "É só um charme a mais", conclui o diretor/autor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.