Maratona Star Wars é atração da TV

Qual é o seu filme preferido da saga de Guerra nas Estrelas? O primeiro de todos, o segundo? Ou o mais recente? Porque é quase uma unanimidade que o terceiro, O Retorno de Jedi, não era lá grande coisa. Para resolver essa questão essencial, a oportunidade surge, neste fim de semana, com a Maratona Star Wars. Hoje, às 21h45, o canal pago Telecine Action estréia O Império Contra-Ataca, que ganha qualquer pesquisa sobre as preferências do público. Amanhã, também às 21h45, estréia o último filme da série, O Retorno de Jedi. Último usando o critério do diretor e roteirista George Lucas, que chama esse de Episódio VI. Depois da exibição, à 0 h, o canal engata um especial, A Mitologia de Star Wars, com uma entrevista com Lucas feita por Bill Moyers. Mas os fãs vão se esbaldar mesmo é no domingo. Ponha sua máscara de Darth Vader, empunhe seu sabre de laser e ligue a TV no Telecine Action, a partir das 10h30. Ali serão exibidos, um após o outro, em ordem cronológica, os quatro episódios já feitos de Guerra nas Estrelas. Às 19 h, no canal Telecine Premium, começa a sessão Primeira Classe, com a exibição de um especial A Ameaça Fantasma, com o making of e os bastidores da produção. Depois, haverá a estréia inédita de Star Wars - Episódio I - A Ameaça Fantasma. Antes de todas as atrações, o crítico Rubens Ewald Filho contará curiosidades sobre os filmes. Guerra nas Estrelas é o grande painel de ficção científica inventado por George Lucas - projeto que absorveu boa parte do seu potencial criativo desde o primeiro filme, realizado em 1977 (primeiro que, na ordem da história, é o Episódio IV). É uma saga que tem a ver com obras fundamentais da história da ficção científica como Fundação, de Isaac Asimov, a série Rama, de Arthur C.Clarke, e Duna, de Frank Herbert. Mas também tem a ver com as histórias de aventuras, de exploração de lugares desconhecidos. Mais uns elementos de heroic fantasy. Vê-se os filmes com uma expectativa de maravilhoso, de descoberta. Talvez por isso, exatamente, o terceiro da série, O Retorno de Jedi, não consiga se igualar aos outros. Há pouca surpresa nele. Mas os mundos dos cavaleiros Jedi, guerreiros de uma Força benfazeja que se opõe ao lado escuro, empolgam crianças e adultos. Eles nos levam de volta a uma concepção um tanto fora de moda, a de que o futuro não será um lugar feio, solitário e sombrio. Esse o grande segredo de George Lucas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.