Maratona Dogma 95 é destaque da TV paga

Enquanto Hollywood torra milhões de dólares em produções em que a grande atração é a tecnologia, um grupo de cineastas dinamarqueses resolveu firmar um protocolo em que se decidiu, entre outras coisas, nunca filmar em estúdio, usar apenas câmera de mão, não utilizar música na edição e jamais recorrer a holofotes na iluminação. É o Dogma 95, um movimento que foi visto pelos puristas como um resgate do cinema, mas que também foi acusado de representar um tremendo retrocesso.Hoje, a partir das 21 h, o Dogma 95 é tema de uma maratona no Eurochannel. Às 21 h, o Eurodrops traz entrevistas com dois de seus papas e, em seguida, o canal exibe três filmes do movimento. Thomas Vinterberg, de Festa de Família, fala do convite para integrar o grupo. "O Lars Von Trier me telefonou e fizemos o voto de castidade", brinca. "Foi divertido, escrevemos as regras em meia hora." Para Soren Kragh-Jacobsen, de Mifune, o movimento é uma volta às origens do cinema. "Comparo o movimento a um show acústico", diz. "Os músicos se acostumaram tanto aos equipamentos eletrônicos que precisam voltar às origens para ver como estão tocando."A verdade é que os dinamarqueses mataram a cobra e mostraram o pau. Os filmes do Dogma são ótimos, como o telespectador poderá conferir a partir das 21h30. Primeiro em Mifune, sobre um jovem que, no dia do seu casamento, recebe a notícia da morte do pai. Ele vai até a fazenda onde o falecido morava com o filho mais velho e acaba descobrindo um passado escondido de todos. Depois, às 23h15, em Festa de Família, o primeiro filme a seguir as regras do manifesto, Vinterberg acompanha a comemoração dos 60 anos do patriarca de uma família. É quando o irmão mais velho, a pretexto de homenagear o pai e também sua irmã gêmea, que se suicidou, revela todos os podres da família. À 1h da manhã é a vez de Os Idiotas, de Lars Von Trier, sobre amigos desocupados que fingem ter problemas mentais para confrontar os valores tradicionais da sociedade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.