Máquinas de venda de cigarros do Japão exigirão identidade

A partir do ano que vem, fumantes do Japão não poderão mais comprar cigarros de máquinas de vendas sem uma carteira de identidade que comprove que são adultos. O novo sistema tem por objetivo dificultar o consumo de tabaco por menores de idade. Até julho, todas as 570 mil máquinas de venda de cigarro do país vão exigir um cartão chamado "taspo" --uma mistura das palavras tabaco, acesso e passaporte-- emitido apenas para maiores de 20 anos, a idade legal para poder fumar no Japão. O taspo azul será oferecido gratuitamente pelo Instituto do Tabaco do Japão depois de os fumantes enviarem papéis de identificação atestando sua idade. A foto do fumante estará no cartão, embora as máquinas de venda não serão equipadas para ler as imagens, o que as impedirá de saber se é o próprio consumidor quem está comprando o produto. O Instituto do Tabaco, cujos membros incluem três empresas de tabaco do Japão, gastou 90 bilhões de ienes (780 milhões de dólares) nas máquinas e diz esperar que o novo sistema evite que os menores de idade fumem. (Por Chisa Fujioka)

REUTERS

19 Outubro 2007 | 14h14

Mais conteúdo sobre:
ODD CIGARRO JAPAO

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.