Mapa Cultural levanta painel artístico do Estado

Quais são as cores, as vozes, os gestos e as idéias de artistas que vivem e criam em cidades do interior do Estado de São Paulo? A partir desta terça-feira, o público paulistano poderá conferir - gratuitamente - mais de 1.600 criações de 318 artistas de 288 municípios paulistas nas categorias teatro, artes plásticas, canto coral, vídeo, fotografia, composição musical, literatura, dança e desenho de humor.Trata-se da etapa final da 6.ª edição do Mapa Cultural Paulista 2000, um projeto da Secretaria de Estado da Cultura, orçado em R$ 800 mil, cujo objetivo é estimular a criação artística nos pequenos e médios municípios.Um coquetel abre o evento nesta terça, às 16h30, no Salão Concourse da Estação Júlio Prestes, com a participação dos artistas e a presença do secretário de Estado da Cultura, Marcos Mendonça. A estação abrigará ainda a mostra de artes plásticas do projeto, com 275 obras de 105 artistas de 78 cidades como Votuporanga, Araçoiaba da Serra e Pirapozinho, que vai estar aberta ao público de amanhã ao dia 27.Na etapa anterior, comissões formadas por artistas e críticos das mais diversas áreas da criação realizaram um trabalho de prospecção, selecionando obras de 13 regiões do Estado. Por meio do projeto, mesmo os artistas não selecionados para a etapa final podem adquirir novos conhecimentos, uma vez que têm a oportunidade de discutir com os membros da comissão julgadora sobre os critérios de julgamento dos trabalhos. Os selecionados vão ter a oportunidade de exibir suas obras - de amanhã até o dia 25 de novembro - em diferentes espaços culturais da cidade.Nessa etapa final, na capital do Estado, a secretaria vai premiar os cinco primeiros colocados em cada categoria artística. Os vencedores receberão prêmios em dinheiro que variam entre R$ 15 mil e R$ 1 mil. Mas não é só. Nas categorias artes plásticas, fotografia e desenhos de humor, serão editados catálogos com as obras dos participantes.Um livro contendo 15 poemas e 15 contos será editado com a criação dos participantes na categoria literatura. Os integrantes da categoria canto coral e composição vão participar da gravação de um CD. Nas áreas de teatro, dança os grupos vencedores ganham ainda apoio - transporte, estada e alimentação - para realizarem entre dez e três apresentações, conforme sua colocação, em cidades vizinhas às suas sedes.A partir de quarta-feira, o Teatro Sérgio Cardoso abrigará uma programação variada - sempre grátis e aberta ao público - em que 18 grupos teatrais, 16 companhias de dança, 68 escritores, 18 compositores e 23 videastas vão disputar as premiações oferecidas pelo projeto. A apresentação de 14 grupos de canto coral, a partir das 13h30, no Memorial da América Latina, no dia 25, marca o encerramento da 6.ª edição do Mapa Cultural Paulista 2000.Segundo Genny Abdelmalack, diretora do Departamento de Atividades Regionais de Cultura (Darc), o projeto têm rendido ótimos frutos. "Com a desculpa de conhecer a produção cultural de cada cidade, acabamos por estimular a criação, a organização dos artistas e a consciência de que podem e devem exigir apoio do poder público."Mapa Cultural Paulista - Teatro, apresentações a partir de quarta-feira, às 19h30. Grátis. Teatro Sérgio Cardoso. Rua Rui Barbosa, 153, tel. 288-0136. Até 12/11; Exposição de Artes Plásticas. Diariamente, das 9 às 21 horas. Sala São Paulo - Estação Júlio Prestes. Até 27/10; Exposição de Fotografia e de Desenho e Humor. Diariamente, 24 horas. Estação Sé do Metrô. Até 4/11.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.