Reprodução/Dayli Mail
Reprodução/Dayli Mail

Mansão onde Truman Capote viveu está a venda

Situada em Brooklyn Heights, casa avaliada em US$ 18 milhões, foi onde autor escreveu 'A Sangue Frio'

11 de maio de 2010 | 17h52

NOVA YORK(EFE) - A mansão onde o escritor americano Truman Capote viveu e escreveu seus livros mais famosos, situada no bairro nova-iorquino do Brooklyn, está a venda por US$ 18 milhões.

 

A casa, localizada na zona de Brooklyn Heights, tem 11 quartos e um número igual de chaminés, além de espaço para estacionar quatro automóveis e um jardim, entre outras características. Não se descarta que ela estabeleça um preço de venda recorde para uma casa nessa área, segundo o jornal "Daily News".

 

"É como estar vivendo em uma mansão de campo no meio da cidade de Nova York", disse a agente da Sotheby's Karen Heyman, encarregada de vender a propriedade.

 

É a terceira vez em 70 anos que esta casa, construída em 1839 e propriedade de um empresário do âmbito da comunicação, é vendida, explica o jornal.

 

Na década de 1950, a mansão foi propriedade de Oliver Smith, um diretor artístico que desenhou os cenários para os musicais "Guys and Dolls" e "West Side Story", entre outros sucessos da Broadway, e a quem Capote persuadiu a lhe alugar um apartamento incluído na mansão, onde viveu entre 1955 e 1965 e no qual escreveu sua obra prima "A Sangue Frio", entre outras.

 

O jornal nova-iorquino ressalta que Capote aproveitava as ausências de Smith para oferecer festas extravagantes e frequentemente alegava perante os convidados que era o proprietário da mansão.

 

O preço elevado de venda da casa fica longe, no entanto, dos US$ 40 milhões que a cantora Madonna pagou recentemente por uma casa situada na rua 81 de Manhattan.

Tudo o que sabemos sobre:
Truman Capote

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.