Manoel Carlos fala sobre a obsessão com Helenas e Martas

Manoel Carlos, sobre sua obsessão por terríveis Martas - a de Páginas da Vida vem na pele de Lília Cabral e a cisma com as heroínas Helenas já é batata: "Essas coincidências existem em minhas novelas, mas não tenho nenhuma Marta semelhante às personagens em minha vida."O autor se diverte com outras "coincidências", como ele mesmo diz. "Outro dia uma sobrinha me perguntou quando é que ia colocar a cena de uma criança ser atropelada. Fiquei surpreso e ela me disse que em todas as minhas novelas uma criança é atropelada. E é verdade." Páginas da Vida estreou em 10 de julho e é uma típica novela do veterano Manoel Carlos - ele promete fazer com que o telespectador se identifique e vai criar dramas capazes de arrancar lágrimas. O diretor Jayme Monjardim, acostumado às paisagens campestres, cenários dos épicos que costuma realizar, teve que encarar dessa vez a cidade do Rio de Janeiro, mais precisamente o bairro do Leblon, na zona sul.

Agencia Estado,

02 de agosto de 2006 | 12h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.