"Manifesto Comunista" vira sucesso no palco

Karl Marx e Friedrich Engels, os fundadores do marxismo, foram parar no teatro em Buenos Aires. Os dois pensadores alemães são personagens da peça Manifesto Comunista, título idêntico à sua obra conjunta de 1848, que pôs na história a célebre conclamação que diz ?proletários de todos os países, uni-vos?.Mesmo sendo visto hoje como nada mais que um documento sobre a primeira fase do capitalismo industrial, o Manifesto Comunista está tendo um público surpreendente na capital argentina. Produzida pela companhia Lucharte, a peça é uma adaptação em que, além de Marx e Engels, há um camponês e um dono de fábrica. O local das apresentações não poderia ser mais adequado: uma fábrica de pão gerenciada por trabalhadores em regime de cooperativa no bairro de Villa Ortuzar. Um porta-voz da companhia Lucharte disse que ?muito poucas pessoas que vêem a peça sabem o que é o Manifesto, mas todos querem saber mais quando saem daqui?. As informações são do site Ananova.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.