Mamá, grande criação de China Zorrilla

Excelência: China Zorrilla não é só uma atriz. É uma instituição, um ícone da arte de representação do Prata. Vivendo entre duas fronteiras, praticamente uma só cultura - entre Uruguai, onde nasceu, e Argentina, onde fixou residência -, ela foi a escolha perfeita para viver "mamá". Conversando com Mamãe é um filme argentino de Santiago Carlos Oves, de 2004. Eduardo Blanco perde o emprego e resolve pedir a mamá que venda o apartamento em que vive sozinha, para ajudá-lo a manter mulher e filha. O diálogo entre ambos tem as melhores qualidades do cinema argentino - humanidade, veracidade, grandes atores. O filme dura 90 minutos e você nem percebe, encantado com o elenco.

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

02 de setembro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.