Maison de France é reaberto 17 anos depois

O Teatro Maison de France será reinaugurado amanhã, com 353 lugares e um foyer para pequenas exposições. A sala, que esteve fechada por 17 anos, era uma das mais tradicionais do Rio. Sua reforma custou US$ 2,5 milhões, 20% pagos pela Light e o restante pelo governo francês. Para administrá-lo, foi criado o Instituto Molière, que buscará parcerias entre as empresas francesas. Em março, Paulo Autran e Cecil Thiré estréiam Variações Enigmáticas, do francês Eric Emmanuel Schmitt, com direção de José Possi Neto. Amanhã, às 18 horas, haverá um show com textos de Sérgio Mamberti, música de Lenine e Odette Ernst Dias e dança de Carlinhos de Jesus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.