Mais tempo para ver as imagens antigas de São Paulo

Mais de 7 mil pessoas já foram ao Edifício Altino Arantes, sede do Santander Banespa, no centro de São Paulo, para ver as 40 fotos extraídas do livro São Paulo de Piratininga ? de Pouso de Tropas a Metrópole, expostas no saguão do prédio. Com imagens do centro antigo de São Paulo, do Anhangabaú e de bairros como Luz, Liberdade, Bom Retiro e Campos Elíseos, a exposição é um sucesso e por isso foi mais uma vez prorrogada: poderá ser vista até o dia 26 de março, de segunda a sexta, das 10 às 17 horas, na Rua João Brícola 24. Durante o passeio pelo passado de São Paulo (as fotos são de 1860 a 1930), os visitantes podem subir até a torre do prédio, de onde têm uma visão de 360 graus da cidade atual.As fotos fazem parte do tesouro fotográfico encontrado em meados do ano 2.000 no Centro de Documentação do jornal O Estado de S. Paulo. A coleção toda tem cerca de 750 imagens, das quais 270 foram publicadas no livro de mesmo nome da exposição, editado em co-edição de O Estado com a Editora Terceiro Nome e patrocínio do Santander Banespa (mais informações sobre o livro no site www.terceironome.com.br ).Uma pesquisa sobre o passado mostrado nas fotos, do qual há muito poucos registros, levou à identificação aproximada das datas e de alguns dos fotógrafos (muitos são desconhecidos), assim como à descrição dos lugares retratados, permitindo que se compreenda melhor a transformação do acanhado pouso de tropas de meados do século XIX na grande metrópole do século XXI.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.