Mais de 200 peças desaparecem do Museu Hermitage

Mais de 200 peças desapareceram do Museu Hermitage, uma das pinacotecas mais importantes do mundo, anunciou nesta segunda-feira a entidade em comunicado."A maioria das peças desaparecidas estavam no departamento russo do edifício, e entre elas estão muitas jóias", afirma a nota.O desaparecimento foi detectado durante a catalogação da coleção do museu de São Petersburgo, a antiga capital dos czares, que é realizada durante a primavera.As autoridades abriram uma investigação para esclarecer as circunstâncias do desaparecimento das peças e tentar recuperá-las.O museu, fundado em 1764 pela imperatriz Catarina II, tem mais de 3 milhões de peças em sua coleção.O complexo Hermitage, instalado no Palácio de Inverno, residência dos imperadores russos, inclui os edifícios do Pequeno Hermitage, o Grande Hermitage, o Teatro Hermitage e o Novo Hermitage.

Agencia Estado,

31 de julho de 2006 | 18h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.