Magnata do petróleo russo compra ovos Fabergé

O magnata russo do petróleo ViktorVekselberg comprou nove dos famosos ovos Fabergé, peças quepertenciam à coleção pessoal de Malcolm Forbes, e os levará paraa Rússia. Os ovos incrustados com jóias seriam leiloados pela Sotherby´sde Nova York. Vekselberg, um representante da nova geração deempresários russos, comprou o que ele chamou de "o maissignificativo exemplo da herança cultural fora da Rússia". O valor pago pelas peças não foi mencionado, mas especialistasestimam que o empresário tenha desembolsado cerca de US$ 100milhões pelas obras. A Sotheby´s tinha previsto arrecadar nomínimo US$ 90 milhões no leilão. A principal peça da coleção é ofamoso "ovo da coroação", uma obra esmaltada em ouro e adornadacom diamantes, que está avaliada entre US$ 18 e US$ 24 milhões. As peças foram encomendadas pelos czares Alexandre III eNicolau II a Carl Fabergé, entre 1885 e 1916, e o conjuntocompleto, chamado de Ovos de Páscoa Imperial, é composto por 180obras de arte. Esses trabalhos foram confiscados pelosbolcheviques e vendidos para o Ocidente na década de 30, peloregime de Stalin, com a intenção de angariar fundos para o novoregime. Agora, os ovos voltam para casa e, segundo a assessoriade Imprensa de Vekselberg, a exibição será aberta ao público,mas o local ainda não foi definido. Indagado se as obras seriamexpostas no Museu Hermitage ou no Kremlin, Bob Burkett oconsultor estratégico de Vekselberg, afirmou que "ainda é muitocedo para falar sobre o assunto". De acordo com a revista Forbes, Vekselberg é um dos homensmais ricos do mundo e figura em quarto lugar na Rússia. Suafortuna é estimada em US$ 2,5 bilhões. Com 47 anos, éco-proprietário e diretor da companhia de petróleo Tyumen Oil Coe da indústria Siberian-Urals Aluminium. Christopher Forbes, o vice-presidente da Forbes, declarou emuma entrevista: "É engraçado, tivemos a custódia dessas obraspor tanto tempo, mas é uma nova Rússia, uma era de livremercado. Como é bom ver essas obras repatriadas."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.