Magnata chama diamante azul de US$9 mi de 'Estrela de Josephine'

Um proprietário magnata e colecionador de Hong Kong que comprou um impecável diamante azul pelo preço recorde de 9,5 milhões de dólares deu à joia o nome de "Estrela de Josephine", informou a casa de leilões Sotheby's nesta quarta-feira.

REUTERS

20 de maio de 2009 | 11h34

Joseph Lau Luen-Hung deu o lance vencedor na semana passada pelo telefone para o diamante, que atingiu o maior preço por quilate já pago por uma joia em um leilão e o preço recorde já pago por um único diamante azul em todo o mundo.

"Mr. Lau já exerceu seu direito em nomear o diamante, que agora é conhecido por 'Estrela de Josephine'", disse a casa de leilão.

A pedra azul de formato retangular pesa 7,03 quilates, tem aproximadamente o tamanho de uma pequena moeda, e foi a mais rara a ingressar no mercado internacional este ano.

David Bennett, presidente do departamento de joias da Sotheby's na Europa e no Oriente Médio, disse a jornalistas após conduzir a venda do dia 12 de maio em Genebra: "Eu espero que a joia seja usada, é uma pedra tão bonita".

Lau é presidente da Chinese Estates, uma das principais construtoras de Hong Kong.

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

Tudo o que sabemos sobre:
GERALDIAMANTEAZUL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.