Magia de Harry Potter volta a invadir as livrarias

O mais recente volume das aventuras de Harry Potter será lançado à meia-noite de hoje, numa operação comercial internacional destinada a torná-lo um sucesso de vendas sem precedentes.O lançamento acontece uma semana depois dos atentados em Londres. Especialistas do mercado editorial afirmam que o sexto e penúltimo livro da série em que o bem sempre vence o mal é exatamente do que o mundo precisa.A escritora J. K. Rowling, que se tornou multimilionária com a série, fará o lançamento de Harry Potter e o Príncipe Bastardo numa cerimônia à 00h01 de sábado (20h de sexta-feira em Brasília), no castelo de Edimburgo. Ao mesmo tempo, milhares de "festas Potter" vão acontecer em livrarias da Grã-Bretanha e de todo o planeta, enquanto os fãs estarão comprando os primeiros exemplares do romance."Estou muito animada. Esta é a nossa maior campanha até hoje", disse Lucy Holden, diretora de livros infantis da editora britânica Bloomsbury, primeira a publicar a série. Em 2003, a Bloomsbury vendeu 5 milhões de exemplares do quinto livro do personagem, Harry Potter e a Ordem da Fênix, nas primeiras 24 horas de lançamento, e a sexta aventura deve conseguir resultados ainda melhores.J.K. irá para o Castelo de Edimburgo numa carruagem puxada por cavalos, juntamente com 70 fãs de 8 a 16 anos procedentes de Austrália, Grã-Bretanha, Canadá, Índia, Irlanda, Nova Zelândia e África do Sul. A escritora lerá para os jovens o primeiro capítulo do novo livro, e distribuirá exemplares autografados. O evento será transmitido pela TV e exibido em um telão do lado de fora do castelo."Será uma noite muito emocionante", disse Cathy Waterhouse, coordenadora de atividades da Waterstones, maior rede britânica de livrarias independentes, que também planeja uma série de eventos em 140 lojas do país, incluindo uma festa em seu principal salão de vendas, na Oxford Street, em Londres. A WH Smith, maior revendedora de livros da Grã-Bretanha, também promoverá centenas de festas em todo o país.De Sydney a Cingapura, passando pelo Texas, o acontecimento será comemorado. Uma operação de segurança sem precedentes pretende manter em sigilo o conteúdo do livro, mas uma rede de supermercados canadense vendeu acidentalmente 14 exemplares. No Brasil, a editora Rocco, que lança os livros de J.K. Rowling por aqui, ainda não definiu a data para o lançamento de The Half-Blood Prince em português - poderá ser entre novembro e dezembro. Também o título nacional não está decidido. O certo é que o trabalho será novamente enfrentado por Lia Wyler, tradutora dos outros cinco livros da saga, além de obras de grandes escritores, como John Updike, Tom Wolfe e Gore Vidal. Um tradução livre das primeiras páginas do livro será feita sábado, às 15 horas, novamente na Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos. Até lá, certamente, os mais fanáticos já terão destrinchado o texto e iniciado uma série de discussões que promete inundar o mundo virtual.

Agencia Estado,

15 de julho de 2005 | 11h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.