Maeve Binchy morre aos 72 anos

A escritora irlandesa Maeve Binchy, uma das maiores vendedoras de livros em seu país, morreu na noite de segunda-feira, em um hospital de Dublin, aos 72 anos, conforme informações fornecidas por sua própria família. A causa da morte não foi revelada. Desde que começou a escrever obras de ficção, em 1982, Maeve vendeu mais de 40 milhões de livros em todo o mundo e chegou a ser traduzida em 42 idiomas. Nascida na costa de Dalkey, ao Sul de Dublin, a escritora começou sua carreira como professora e se dedicou também ao jornalismo como repórter, colunista e editora do periódico The Irish Times.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.