Madonna vence processo contra jornal por publicação de fotos

LONDRES (Reuters Life!) - A cantora Madonna conquistou uma indenização substancial de um jornal britânico na terça-feira por violação de sua privacidade e quebra de direito autoral pela publicação de fotos "furtadas" do casamento da popstar com o diretor de filmes Guy Ritchie.

REUTERS

06 de outubro de 2009 | 10h56

A cantora, que acabou de encerrar a turnê "Sticky & Sweet", não estava no tribunal de Londres onde a decisão contra a Associated Newspapers, que publica os tablóides Mail e Sunday, foi tomada.

O advogado da cantora John Kelly disse ao tribunal que Madonna doará o valor da indenização, que não foi revelado, para a instituição de caridade Raising Malawi, criada por ela.

Kelly acrescentou que a cantora sofreu muito para garantir que o casamento com Ritchie, hoje seu ex-marido, em dezembro de 2000, fosse totalmente privado.

Mas em 2003 um designer de interiores, que trabalhava na casa da cantora em Beverly Hills, copiou de maneira clandestina pelo menos 27 fotos do álbum de casamento e as entregou a Bonnie Robinson que, em junho de 2008, ofereceu vender as fotos ao Mail e ao Sunday.

Kelly disse que o jornal não comprou as fotos naquele momento, mas esperou até outubro de 2008, quando Madonna anunciou que estava se divorciando do diretor e passou a existir um enorme interesse em torno do casamento.

Somente três dias após o anúncio do divórcio, o jornal publicou 10 das fotos.

(Reportagem de Michael Holden)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEMADONNAPROCESSO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.