Mike Hutchings/Reuters
Mike Hutchings/Reuters

Madonna enfrenta ação judicial por causa de filha adotiva

Parentes biológicos de Mercy James, adotada no Malauí, querem ver a menina

Estadão.com.br,

07 de fevereiro de 2011 | 16h14

A cantora Madonna enfrenta ação judicial por parte dos parentes de sua filha adotiva Mercy James, nascida no Malauí. Eles alegam que a cantora quebrou a promessa de permitir que eles tenham contato frequente com a garota.

 

Segundo o site Contactmusic, a família biológica de Mercy afirma que eles não veem a menina desde que ela foi adotada, em 2009.

 

Eles recorreram ao Comitê de Libertação Civil (Cilic) do país africano para conseguir alguma aproximação com Mercy.

 

Segundo o diretor do órgão, Emmie Chanika, a família de garota se reuniu com ele diversas vezes no ano passado e um advogado já foi contatado para ajudá-los."Eles têm uma lembrança forte de que lhes foi dito que poderiam ver Mercy e de que, quando ela crescer, voltará a viver no Malauí", diz Chanika.

 

"Estou preparando uma carta para pedir ao advogado de Madonna, Alan Chinula, para intervir a favor da família e pedir gentilmente a Madonna que deixe Mercy se encontrar com eles. Nenhum de nós quer um processo constrangedor e caro, que poderia humilhar Madonna", disse o diretor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.