Madonna atrasa início de show e é vaiada no Maracanã

Madonna atrasou em 1h35 sua apresentação de ontem no Maracanã e recebeu vaias e xingamentos da platéia. Mas depois que o show ?Sticky & Sweet? começou os fãs se acalmaram. Sem o incômodo da chuva que caiu anteontem, o público, estimado em 55 mil pessoas e menor do que o da estréia, conseguiu aproveitar melhor o espetáculo.Animada e comunicativa, Madonna dançou mais do que no show de domingo e contagiou o público carioca. Anteontem, por causa do piso escorregadio, ela caiu duas vezes no palco. Na última música, Give it To Me, a cantora voltou ao palco com uma camisa do Brasil.À tarde, no caminho para o estádio, três dos quatro carros que levavam Madonna bateram levemente um no outro. O incidente não causou maiores transtornos e o trajeto da artista até o local do show durou cerca de 16 minutos.Madonna saiu do Hotel Copacabana Palace, onde está hospedada, às 15h57. O movimento ao redor do hotel aumentou assim que parou de chover. Alguns fãs tentavam conseguir uma imagem da cantora, mas ela não apareceu. Apenas seu filho Rocco abriu a cortina e apareceu na janela da suíte do 6º andar, ontem pela manhã, e foi à piscina. Segundo um hóspede, Madonna está sempre de óculos escuros, anda olhando para baixo e prefere utilizar o elevador de serviço. Em São Paulo, os shows da turnê ?Sticky & Sweet? serão na quinta, sábado e domingo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

16 de dezembro de 2008 | 09h03

Tudo o que sabemos sobre:
músicaMadonnaRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.