'Mad Men' e '30 Rock' lideram indicações para o prêmio Emmy

Melhor comédia de 2007, '30 Rock' recebeu 17 nomeações; drama 'Mad Men' estréia com força na lista

Efe,

17 de julho de 2008 | 11h30

A comédia 30 Rock e o drama Mad Men foram as séries com o maior número de indicações este ano para o prêmio Emmy, com 17 e 16 candidaturas respectivamente, segundo a lista anunciada nesta quinta-feira, 17, pela Academia de Artes e Ciências de Televisão.  Veja também:Confira a lista dos indicados ao prêmio Emmy 2008   O programa mais indicado foi a minissérie John Adams, que concorrerá a 23 prêmios na cerimônia de gala, que será realizada em 21 de setembro no Teatro Nokia de Los Angeles e que comemorará o 60.º aniversário da entrega dos prêmios. 30 Rock, melhor comédia de 2007, tentará repetir o êxito enfrentando outras quatro candidatas: The Office, Two And a Half Men, Entourage e Curb Your Enthusiasm. Ugly Betty  (Betty, a Feia) ficou fora desta categoria, na qual concorreu no ano passado, mas foi indicada para seis prêmios, um deles o de melhor atriz principal pela atuação de America Ferrara, que ganhou o Emmy em 2007. Mad Men entrou com força na lista de indicados em sua primeira participação nestes prêmios e teve mais indicações do que Justiça Sem Limites, Damages, Dexter, Lost e House. Dos candidatos, apenas Lost pode receber mais uma vez o Emmy de melhor série dramática de TV, pois venceu em 2005. O ator James Spader, por sua atuação em Justiça Sem Limites, foi indicado mais uma vez a melhor ator de drama e poderia levar seu quarto Emmy nesta categoria, que venceu em 2004, 2005 e 2007. Hugh Laurie, o doutor House, tentará ganhar este prêmio pela primeira vez em sua terceira indicação, situação parecida com a de Bryan Cranston, por seu papel em Breaking Bad, que lhe rendeu mais uma indicação para melhor ator principal, a quarta em sua carreira. Michael C. Hall por Dexter, Gabriel Byrne por Em Terapia e Jon Hamm por Mad Men completam a lista. Na categoria de melhor ator de comédia estão velhos conhecidos, tendo quase todos já sido indicados alguma vez. Tal é o caso de Alec Baldwin, que poderia levar o prêmio para casa em sua sétima indicação, a segunda consecutiva por sua atuação na comédia 30 Rock. Baldwin concorrerá com Tony Shalhoub, o famoso detetive obsessivo compulsivo em Monk, indicado todos os anos desde 2003 para melhor ator de comédia e que já venceu duas vezes. Steve Carell, o novo Agente 86, tentará ganhar o Emmy em sua terceira nomeação consecutiva por The Office, assim como Charlie Sheen por Two And a Half Men. Lee Pace, o estreante nesta categoria, poderia surpreender por seu papel em Pushing Daisies. Nas principais categorias femininas as apostas dos analistas foram correspondidas e a atriz Sally Field, a Nora Holden-Walker de Brothers & Sisters, poderia revalidar o Emmy que ganhou em 2007 pela mesma personagem. Na mesma categoria, voltam a concorrer as premiadas Mariska Hargitay (Law & Order: Special Victims Unit) e Glenn Close (Damages). Holly Hunter aparece como séria adversária em sua primeira candidatura por Saving Grace, apesar de já contar com dois prêmios Emmy por atuações em minisséries, e Kyra Sedgwick, a interrogadora de The Closer, entra novamente na disputa pelo terceiro ano consecutivo.  Em comédia Ferrera é o nome a ser batido. Com ela disputam Julia Louis-Dreyfus (The New Adventures of Old Christine), Christina Applegate (Samantha Who?), Tina Fey (30 Rock) e Mary-Louise Parker (Weeds). Louis-Dreyfus é a única além de Ferrera que sabe o que é ganhar o Emmy de melhor atriz de comédia. A cerimônia de indicações, realizada nesta quinta, 17, foi apresentada pela atriz Kristin Chenoweth (Pushing Daisies, Ugly Betty) e pelo ator Neil Patrick Harris (How I Met Your Mother), junto com o presidente da Academia de Artes e Ciências de Televisão, John Shaffner.  Matéria atualizada às 12h37

Tudo o que sabemos sobre:
prêmio Emmy

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.