Lukas e Nestor Lampros abrem mostra em família

Lukas Lampros e Nestor Lampros, ligados pelas tintas, arte e laços sanguíneos, expõem neste final de semana em Atibaia, interior de São Paulo. A primeira mostra conjunta evidencia a forte influência entre ambos e a busca das diferenças. Pai e filho são cartunistas e ilustradores - Nestor também é poeta - e desenvolvem trabalhos marcados pelo virtuosismo colorista e por levar às telas uma multidão de detalhes.O detalhismo de Lukas já era presente no período em que povoou páginas de publicidade e de jornais do Uruguai e do Brasil com milhares de personagens e situações, como em Onde está Wally? ou em Pieter Bruegel. Mas, mesmo com essa exuberância de situações, os quadros do uruguaio de Montevidéu, radicado no Brasil desde meados da década de 60, têm como característica fundamental a busca pela ordenação da realidade. Seu trabalho como caricaturista, por outro lado, garante o humor, mesmo quando demonstra em seus rostos seu domínio sobre a anatomia. Suas obras - a maioria a óleo - são marcadas por retratos e cenas comuns.Nestor nasceu em São Paulo há 30 anos e cresceu em meio a um mundo impregnado de arte. Na família, os integrantes sempre atuaram ou atuam como pintores ou artesãos - como os bonecos em papel machê (uma receita criada e guardada a sete chaves pela mãe) e bastante conhecidos em Atibaia. Além da influência paterna, algumas referências são freqüentes na obra de Nestor, como Picasso e Chagall. De Picasso, herdou o vigor na representação humana e seu bestiário sentimental. De Chagall, o lirismo surrealista que permeia toda sua obra.Nestor é dono de um trabalho bastante pessoal e as influências não chegam a sufocá-lo ou a impedir seus próprios vôos. Estas influências mostram que existe um compromisso histórico e espiritual com o que é realizado e que não são coisas alheias que impulsionam o trabalho do artista, mas sim a necessidade fundamental do homem de estar no mundo, de entendê-lo e enchê-lo de poesia.Casa de Exposições Jandira Massoni - Rua Benedito Almeida Bueno, 252, Centro, Atibaia - tel.: 4412-7553

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.