Luciano Szafir perde ação de calúnia

Luciano Szafir, pai da Sasha, perdeu uma causa judicial que iniciou contra o apresentador Leão Lobo, que durante seu programa de tevê, sugeriu que Szafir era homossexual. Szafir considerou como "calúnia e difamação" o comentário "o novo apresentador da Rede Globo, moreno, alto, bonito, que teve uma filha, está vivendo com seu personal trainer" de Leão Lobo. Szafir argumentou: "naturalmente, não sou gay, nem vivo com ninguém", mas o juiz que julgou o pedido considerou que a ofensa não ficou caracterizada.Lobo, homossexual asumido, sofre vários processos de artistas irritados com suas declarações. Luciano Szafir é modelo e já trabalhou para os estilistas Thierry Mugler, Giorgio Armani e Ralph Lauren, e atualmente é diretor de imagem de uma marca de relógios e óculos de luxo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.