Luciano Callegari deixa a Record e deve voltar ao SBT

Diretor de programação da Record, chegou hoje à sede da Record, na Barra Funda, e, em vez de dar início ao expediente do dia, encaminhou seu pedido de demissão. Oficialmente, Callegari disse que estava de partida porque já teria cumprido sua missão no pedaço. Extra-oficialmente, no entanto, é sabido que Callegari não tinha a autonomia que deveria lhe caber no cargo que ocupava. Algumas de suas decisões esbarravam na contrariedade do presidente da Record, Dennis Munhoz. O destino de Callegari deve ser mesmo o retorno ao SBT, rede que ajudou a fundar. Conhecido como braço direito de Silvio Santos, Callegari havia deixado o SBT em 1998, após discordâncias com o patrão. Os dois, no entanto, nunca deixaram de se freqüentar fora do cenário profissional. No fim do ano, ambos embarcaram juntos para Miami, onde passaram o réveillon.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.