Louvre Abu Dhabi é inaugurado após 10 anos de desenvolvimento

Projeto feito em parceria pelos governos da França e dos Emirados busca refletir o intercâmbio entre culturas

AFP

08 Novembro 2017 | 19h54

O Louvre de Abu Dabi é o primeiro museu universal do mundo árabe. Uma década depois do lançamento do projeto assinado pelo arquiteto francês Jean Nouvel e oito anos após o início da construção, o espaço finalmente abre suas portas no sábado, 11.

A enorme construção metálica fica localizada nas areias da ilha de Saadiyate, no Golfo Pérsico, a apenas sete minutos do centro de Abu Dhabi e a 20 minutos do Aeroporto Internacional de Abu Dhabi. Projetado para ser uma cidade-museu, o novo aparato cultural é composto por 55 prédios individuais, todos brancos, com 23 galerias. 

O Louvre conta com uma cúpula de 180 metros de diâmetro como cobertura. A estrutura, entrelaçada com 7850 peças, permite a entrada da luz natural e também funciona como uma espécie de "guarda-sol" que garante a  conservação das obras. É comum no verão que as temperaturas locais ultrapassam os 40ºC. 

Uma folha do Alcorão Azul, uma Bíblia gótica e um dos livros do Pentateuco são alguns dos objetos expostos, assim como o quadro "La belle ferronière", de Leonardo da Vinci, e um autorretrato de Van Gogh. Em sua maior parte, o acervo vai buscar refletir o intercâmbio entre culturas, desde a pré-história até a atualidade.

O projeto feito em parceria mostra as ambições globais da França e dos Emirados Árabes Unidos para implantar a arte como uma ferramenta diplomática. O acordo, vigente por 30 anos, alcança o valor total de um bilhão de euros e inclui não só a exploração da marca Louvre, mas também a organização de exposições atemporais e o empréstimo de cerca de 300 obras. 

O custo da construção do museu foi inicialmente estimado em cerca de 600 milhões de euros, mas sua conclusão foi adiada em várias ocasiões, devido a, sobretudo, problemas financeiros.

Veja abaixo um time-lapse da construção:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.