Loureiro apresenta moda casual, chique e funcional

Confirma-se na coleção de Renato Loureiro as estampas florais como uma das grandes tendências para o verão 2005, tecidas em malhas, bordados e rebordados. De forma semelhante à sua coleção de inverno, ele apostou na elegância e no glamour feminino presente na simplicidade. E assim dispensou grandes aparatos cênicos e performances, diferente do desfile de inverno, que contou até com cavalos na passarela. Super feminina, a mulher do mineiro Loureiro mostra-se em formas variadas de camisas ampliadas (como se fossem "camisas-vestidos", mas não chegam a ser mantos e caftans), vestidos fluidos e plissados e casaquinhos e coletes acinturados (com essa sutil inspiração na alfaiataria masculina). A base da coleção é branco, utilizado criativamente em combinações com patchworks e listras. Destaque para um conjunto de calça branca e top tomara-que-caia listrado horizontalmente de amarelo, laranja e azul (três cores marcantes em muitas coleções), usado pela top Ana Claudia Michels. Sem muitos arroubos conceituais, Loureiro fez uma moda casual, chique e muito funcional.Veja Galeria

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.