Londres prepara grande exposição sobre Shakespeare

A exposição reunirá retratos, trajes, manuscritos e jóias da chamada época elisabetana, muitos dos quais, procedentes de diferentes lugares do mundo, não tinham sido exibidos até agora em público. O primeiro retrato doado em 1856 à National Portrait Gallery foi justamente um que se supunha que era do dramaturgo: conhecido como o Retrato de Chandos (porque foi propriedade do duque desse nome), nãoé seguro que represente realmente Shakespeare. Além desse retrato, serão expostos pela primeira vez juntos outros cinco. Na exposição londrina serão apresentados os resultados das últimas análises técnicas efetuados em alguns desses retratos e que podem lançar luz sobre o autêntico semblante do escritor.Embora a vida de Shakespeare (1564-1616) só tenha podido ser parcialmente reconstruída, a exposição tentará também oferecer novos dados. Entre os tesouros expostos figurará o testamento de Shakespeare, empréstimo da Biblioteca Nacional, de Londres.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.