Locadoras usam criatividade para conquistar novos clientes

As grandes redes de locadoras estão no primeiro grupo. As lojas menores vêm apelando para serviços diferenciados a fim de conquistarem a clientela. A Vídeo Delivery, em Perdizes, zona oeste da capital paulista, criou o serviço de entregas em domicílio. O cliente liga para a loja ou acessa o site www.videodelivery.tv e escolhe um dos títulos disponíveis. No máximo uma hora depois o motoqueiro entrega a fita ou o DVD no endereço determinado. Qualquer título, na versão VHS ou na digital, custa R$ 4,50. Já a taxa de entrega sai por R$ 1,00 e também inclui a devolução. Basta solicitar pelo telefone e lá está o motoboy novamente, pronto para pegar a fita e levá-la de volta à locadora. Proprietário da Vídeo Delivery, Luís Cláudio Magalhães conta que criou o sistema inspirado em um problema pessoal. "Na época eu não tinha carro e ficava com preguiça de andar até a locadora. Quando decidi abrir a loja, pensei na forma de solucionar este problema." Quem mora na região da Avenida Faria Lima também tem como assistir ao filme predileto sem enfrentar filas nas locadoras. Basta acessar a internet. No site www.praticvideo.com.br dá para escolher o DVD preferido e ver, além da sinopse e dos dados técnicos, todos os detalhes sobre o filme. Depois, é só preencher o cadastro e solicitar o DVD, que é entregue em casa ou no trabalho. "Queríamos facilitar a vida dos clientes", explica Renato Ferreira da Rosa, um dos donos da Pratic Vídeo. Já as grandes redes alegam não ter condições de fazer reservas, mas também procuram cercar seus clientes de atrativos. Na Blockbuster, uma pequena caixa, batizada de Quik Drop, instalada do lado de fora, permite que as fitas e DVDs sejam devolvidos mesmo depois da meia-noite, com a loja já fechada. Na 2001, o diferencial é o tíquete de desconto, em que o locador faz o pagamento antecipado e ganha abatimento de quase R$ 1,00 para a retirada de filmes adultos e de cerca de 50% para títulos infantis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.