Livros sobre o papa e com temática jovem aquecem o mercado

Há pelo menos uma dezena de livros como esses nas livrarias, e vem mais por aí

MARIA FERNANDA RODRIGUES, O Estado de S.Paulo

13 de junho de 2013 | 02h12

O cardeal Jorge Mario Bergoglio foi eleito papa há exatos três meses e as livrarias brasileiras já foram inundadas por livros sobre o argentino. À necessidade de apresentar o papa Francisco aos leitores, somou-se a realização, em julho, da Jornada Mundial da Juventude. E o mercado de livros religiosos se aqueceu.

Trata-se de um mercado que acontece, muitas vezes, distante dos olhos dos livreiros - nas vendas porta a porta, nas livrarias das paróquias e nas lojas especializadas. Por isso, raramente chegam às listas de mais vendidos. A exceção foi Ágape, do padre Marcelo Rossi (8,4 milhões vendidos). O best-seller foi publicado pela Globo e outras editoras não católicas seguiram a trilha, investindo no gênero e experimentando tiragens maiores que os usuais três mil.

A Objetiva, por exemplo, imprimiu 25 mil exemplares de A Vida de Francisco - O Papa do Povo, de Evangelina Himitian, e já mandou fazer mais 10 mil. A biografia é um dos livros oficiais da Jornada Mundial da Juventude e estará à venda ao lado de canecas, camisetas e ursinhos. Já a tiragem de Sobre o Céu e a Terra - O Que Pensa o Novo Papa Francisco Sobre a Família, a Fé e o Papel da Igreja no Século XXI, da Paralela, foi de 40 mil. No mês passado, a Verus lançou Papa Francisco - Conversas com Jorge Bergoglio (20 mil), de Sergio Rubin e Francesca Ambrogetti, e publica, no fim do mês, Papa Francisco em Suas Próprias Palavras, organizado por Julie Schwietert Collazo e Lisa Rogak. Pela Planeta, saiu Francisco - A Vida e as Ideias do Papa Latino-americano, de Andrea Tornielli.

Há pelo menos uma dezena de livros como esses nas livrarias, e vem mais por aí. Só a Paulinas prepara para este mês Francisco - Renasce a Esperança e Dia a dia com o Papa Francisco. A maior aposta será em Francisco - o Papa Vindo do Fim do Mundo, organizado por Renzo Sala, que sairá com quase 30 mil exemplares. Mas não são apenas os livros sobre Francisco que movimentam o mercado no momento. A própria Paulinas prepara, para o evento, entre outros, Juventude - Crises, Cruzes e Luzes, de padre Zezinho, e Juventude e Fé, de Reginaldo Carreira. As tiragens não chegam a cinco mil.

Sorte mesmo teve a Cidade Nova, que ia fazer cinco mil exemplares de 25 Minutos: A Vida de Chiara Luce Badano e acabou fazendo 500 mil. É que a Fundação Ajuda à Igreja Que Sofre comprou esta quantidade para distribuir na Jornada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.