Livro polêmico sobre Semana de 22 é lançado

A Boitempo Editorial lança nesta quinta-feira, às 18h30, na Livraria da Vila, o livro A Hora Futurista já Passou, do jornalista Alfredo Mário Guastini (1884-1949), ex-diretor de Redação do Estado. O polemista Guastini foi uma das vozes dissonantes que contestaram os futuristas da Semana de Arte de 1922. Um de seus alvos prediletos foi Oswald de Andrade, autor do Manifesto Antropofágico, a quem acusa de autopromoção no livro que reúne seus escritos, entre eles o que dá título ao livro e foi publicado há 80 anos. A obra traz referências à passagem por São Paulo do poeta italiano Marinetti, criador do futurismo.A Hora Futurista já Passou. Livraria da Vila. Rua Fradique Coutinho, 915

Agencia Estado,

07 de dezembro de 2006 | 12h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.