Livro narra ação de serial killer numa São Paulo sombria

Depois de 15 anos de um cuidadoso trabalho, o roteirista Alexandre Dias e o desenhista Anderson Almeida transformaram a cidade de São Paulo em uma lúgubre mistura de Gotham City com Sin City na graphic novel Noite de Caça (Brainstore Editora).No livro, cujo lançamento está marcado para a noite de hoje no Jesuino Bar & Food, em São Paulo, a dupla apresenta um eletrizante thriler de ação que narra as atrocidades de um serial killer pelas ruas da capital paulista nos meses que antecedem uma importante eleição.Em entrevista ao Estado, Alexandre Dias conta que o texto começou a ser escrito em 1989. ?Depois que terminei a primeira versão de Noite de Caça, reescrevi o texto outras duas vezes?, revela o roteirista, que divide seu tempo entre os quadrinhos e as guitarras da banda paulistana Velhas Virgens.Ele explica que as mudanças se deveram a adaptações para acompanhar a modernização da linguagem do HQ. ?No começo dos anos 90, o quadrinho tinha mais ação visual e menos texto. A estética era outra. O texto caminhava lentamente, junto com a ação. De lá para cá, o texto ganhou importância dentro da ação, e Noite de Caça precisava de um texto particularmente forte?, acredita.Apesar de já ter o roteiro pronto desde o início, Dias ainda precisava encontrar um desenhista capaz de dar as cores e os traços adequados ao texto direto e sombrio de Noite de Caça (www.noitedecaca.com.br). Em 1998, ele conheceu o desenhista Anderson Almeida. O entrosamento foi imediato e eles começaram a trabalhar a parte gráfica da história.?Foi justamente a partir dali que começaram as mudanças no texto. O roteiro era o mesmo, mas a evolução dos quadrinhos nesse período me levou a buscar outros recursos de linguagem?, enfatiza Dias. ?Mesmo agora, com o livro pronto, se eu fosse escrever a mesma história, o estilo do texto já seria outro?, comenta.De um jeito forte e chocante, a graphic novel traz à tona seu lado crítico ao mostrar como a violência pode ser transformada em um espetáculo trágico e sangrento quando alimentada pela mídia e por interesses políticos escusos das autoridades competentes. O desfecho de Noite de Caça é surpreendente e Dias avisa que já está trabalhando na seqüência da história.A festa de lançamento começa às 19h no Jesuino Bar & Foods (Rua Ministro Jesuino Cardoso, 381, Vila Olímpia. Telefone: 11 3044-3311). A noite contará ainda com o lançamento do livro Stockadas, do cartunista Paulo Stocker, com a apresentação de uma coleção de colares da designer Nara Melamed e com um show da banda Sambajunky, que faz inusitadas misturas de música brasileira com funk, jazz e blues.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.