Livro faz revelações sobre os romances de Senna

Um livro promete criar mais polêmica sobre a vida de Ayrton Senna, morto há dez anos, em 1º de maio de 1994. Está chegando às lojas Ayrton, o Herói Revelado, de Ernesto Rodrigues, ex-chefe do escritório da Globo em Londres. Rodrigues entrevistou 213 pessoas para revelar o Senna humano, seus defeitos e conflitos, focando principalmente sua vida amorosa. O livro é capa da revista Veja desta semana e faz revelações sobre os romances com Adriane Galisteu e Xuxa.Segundo o livro, na véspera da corrida fatal de Ímola, Leonardo Senna levou uma fita cassete ao quarto do irmão no hotel. Nela, havia uma conversa entre Adriane Galisteu e um antigo namorado. No grampo - feito no apartamento de Senna em São Paulo -, o ex-namorado de Galisteu zombava do piloto, dizendo que ele era melhor do que Ayrton na cama. Quem ouviu a fita garante que não há nada que indique que a modelo continuasse tendo um affair com o moço, ou que concordasse com o que ele dizia.O livro também revela uma visita surpresa de Senna à casa de Xuxa em Nova York. Vestido de Papai Noel, foi impedido de entrar pela namorada: "O que você está fazendo aqui? Eu não te chamei, vá embora".

Agencia Estado,

12 de abril de 2004 | 10h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.