Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Livro com 900 verbetes da Tupi marca 63º aniversário da TV

Com prefácio de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, o livro Astros e Estrelas da TV Tupi de São Paulo (Giz Editorial) é a cereja do bolo no aniversário de 63 anos da televisão brasileira, a serem completados no próximo dia 18. São 900 verbetes sobre autores, atores, atrizes e diretores que fizeram a primeira televisão da América Latina. Pelas páginas desfilam nomes como Lima Duarte, presente à inauguração da TV Tupi, no bairro do Sumaré, ao lado de Assis Chateaubriand, assim como Lolita Rodrigues, que cantou o hino da emissora na festa de sua inauguração. Lolita cobria então a ausência de Hebe Camargo, que, convocada para a missão, deu o cano por causa de um compromisso com o namorado, como contaria anos mais tarde.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2013 | 02h17

O livro traz ainda grifes do nível de Laura Cardoso, Irene Ravache, Eva Wilma, Rubens Ewald Filho, Elias Gleizer e Ana Rosa, entre outros.

A festa. Astros e Estrelas da TV Tupi leva a assinatura de Mauro Gianfrancesco e Eurico Neiva. Embora a data do aniversário seja dia 18, a comemoração, com o lançamento do livro, ocorrerá no sábado anterior, dia 14, em evento marcado para as 15h30, no Auditório Simón Bolívar, no Memorial da América Latina.

Mais de 400 profissionais foram convidados para a ocasião, que prevê uma série de homenagens, exposição de fotos e projeção de vídeos. A iniciativa é da Pró-TV, grupo que reúne os pioneiros da televisão no Brasil, com apoio do governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura e Fundação Memorial da América Latina.

Tudo o que sabemos sobre:
Cristina Padiglione

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.