Livreiro de Cabul abre Bienal do Rio de Janeiro

Começou ontem a 13ª Bienal Internacional do Livro do Rio. A feira, que dura 11 dias, traz à cidade alguns dos escritores que mais vendem obras em todo o mundo. Hoje à tarde, o destaque é do Nordeste: o octogenário Ariano Suassuna, homenageado deste ano (juntamente com o colombiano Gabriel García Márquez, que não virá), falará ao público no início da noite. Até o fim da maratona, são aguardadas no Riocentro 600 mil pessoas.O dia de abertura da bienal foi agitado pela presença de Shah Muhammad Rais, o personagem central de O Livreiro de Cabul, sucesso da jornalista norueguesa Asne Seierstad. Ele veio ao Rio lançar Eu Sou o Livreiro de Cabul, em que ''corrige'' as informações que Asne, que viveu em sua casa na capital afegã, escreveu sobre ele e a família - ''uma coleção de mentiras''.A quinta-feira também foi marcada por momentos de emoção: no Café Literário, os humoristas do Casseta & Planeta lembraram Bussunda, que morreu em 2006. Ele sempre participou de bienais e, este ano, virou tema da sessão Amigos Para Sempre, em que escritores destacam um colega morto.A América Latina - alvo de outra homenagem da bienal, em ano de Jogos Pan-Americanos - foi analisada por Daniel Samper Pizano (colombiano), Santiago Veja e Rodolfo Enrique Fogwill ( argentinos) e pelo brasileiro Alfredo Sirkis. Eles foram os convidados da Esquina do Leitor, espaço que permite que os freqüentadores manifestem a opinião sobre os mais diversos temas (por meio de votação eletrônica).A Esquina é uma das novidades desta edição, assim como o Botequim Filosófico, um lugar onde questões da atualidade serão discutidas por escritores, artistas e jornalistas. Hoje, por exemplo, Affonso Romano de Sant''Anna, Charles Feitosa e Bia Corrêa do Lago debaterão ali a suposta morte da arte na contemporaneidade. Já na Esquina, Chico Caruso e Zeca Camargo vão perguntar ao público o que é melhor: estudar ou trabalhar? As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.