Literatura perde Tomás Segovia

O poeta espanhol Tomás Segovia, morreu anteontem, aos 84 anos, na Cidade do México, vítima de câncer. A informação foi divulgada pelo Instituto Nacional de Belas Artes (Inba). Nascido em Valência, Segovia chegou exilado ao México em 1940 e se tornou uma importante figura da vida intelectual do país. Em 1973, ele recebeu o prêmio Xavier Villaurrutia. Entre outras premiações, o poeta foi contemplado em 2000 com o Octavio Paz de Poesia e Ensaio, além de ganhar o Prêmio Literatura Latino-americana e do Caribe Juan Rulfo, em 2005, e o Prêmio Internacional de Poesia Federico García Lorca, em 2008. / AFP

O Estado de S.Paulo

09 de novembro de 2011 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.