Literatura perde D.J. Eringht

O escritor, crítico e poeta britânico D.J. Eringht morreu no dia 31, aos 82 anos, vítima de câncer. Enright formou-se em Cambridge, mas deu aulas na Universidade de Alexandria, no Egito por 20 anos, desde 1947. Em 1955, publicou sua primeira obra, Ano Acadêmico. Escreveu mais quatro livros para adultos e três para crianças. Em 1953, Eringht lançou O Sorriso da Hiena, o primeiro dos 20 livros de poesia que publicou.Nos anos 70, de volta à Inglaterra, Enright trabalhou como editor, revisor, ensaista e eventualmente, antologista. Ele dirigiu a editora Chatto & Windus de 1974 a 1982. Entre as antologias que editou está The Oxford Book of Contemporary Poetry 1945-1980.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.