Literatura e cinema

Grande poeta, John Keats teve sorte. Sua história de amor com Fanny Brawne inspirou a australiana Jane Campion a fazer seu filme mais intenso desde O Piano. Brilho de Uma Paixão estreia sexta. É maravilhoso. /

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2010 | 00h00

BRILHO DE UMA PAIXÃO

Nome original: Bright Star. Direção: Jane Campion. Gênero: Drama (119 minutos). Elenco: Abbie Cornish, Thomas Sangster, Paul Schneider.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.