Literatura brasileira tem novo prêmio

A literatura brasileira ganha um novo prêmio, que começa a valer a partir do ano que vem para os três melhores livros originais publicados este ano. Os premiados receberão R$ 100 mil, R$ 30 mil e R$ 20 mil. Trata-se do Prêmio Portugal Telecom de Literatura Brasileira, lançado oficialmente ontem, em evento que contou com leitura de poemas de Camões e Fernando Pessoa, representando os poetas portugueses e de Carlos Drummond de Andrade e Manuel Bandeira, os brasileiros, pelos atores Walmor Chagas e Fúlvio Stefanini. A premiação pretende ser nacional, aberto à literatura criativa, poesia, prosa e conto, além de funcionar sob a vigilância de uma comissão formada por quatro professores universitários de literatura: Luiz Costa Lima, do Rio de Janeiro; Flávio Loureiro Chaves, do Rio Grande do Sul; Lucila Nogueira, de Pernambuco e Deonísio da Silva, de São Paulo. Mais detalhes sobre as fases que envolvem a premiação de abril a novembro podem ser obtidas no site www.premioportugaltelecom.com.br.Segundo Eduardo Correia de Matos, idealizador do projeto e presidente da Portugal Telecom Brasil, a empresa patrocina eventos na área de música em Portugal e investe pela primeira vez na literatura: "aqui faz mais sentido atuar no campo da língua", disse. Entre os convidados, a escritora Lygia Fagundes Telles, o poeta Mário Chamie, o editor Pedro Paulo de Senna Madureira, o livreiro Pedro Herz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.