Lírio Ferreira e a força de Árido Movie

Uma Fada em Nossas Vidas

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

22 de abril de 2010 | 00h00

14H15 NO SBT

(Dazzle). África do Sul, 2000. Direção de David Lister, com Maxwell Caufield, Chantelle Stander, Big Mick, Peter Bonner.

Autor de livros infantis é fascinado pelo universo das fadas. Uma delas perde as asas e, desmemoriada, vem bater à sua porta, em busca de socorro. Adivinhe se não se apaixonam ? mas ela está sendo caçada por emissários de seu mundo de fantasia, que ameaçam o casal. Sem grandes credenciais de direção nem elenco, um filme para românticos dispostos a arriscar num bom programa (as referências dizem que não é). Reprise, colorido, 88 min.

Johnny Kapahala ? De Volta ao Havaí

15H45 NA GLOBO

(Johnny Kapahala: Back on Board). EUA, 2007. Direção de Eric Bross, com Brandon Baker, Robyn Lively, Mary Page Keller, Yuji Okumoto, Jonathan ''Lil J'' Mcdaniel, Andrew James Allen.

Sequência de Johnny Tsunami, sobre o garoto criado no Havaí e que vai ser surfista na neve, nos EUA. Aqui, ele volta às ondas. O filme original foi feito em 1999 e, como o atual, é uma produção do Disney Channel. Se você gostou do primeiro, vai querer conferir. Reprise, colorido, 92 min.

União do Mal

22H15 BANDEIRANTES

(So Close). Hong Kong, 2002. Direção de Corey Yuen, com Qi Shu, Wei Zhao, Karen Mok, Seung-Heon Song, Yasuaki Kurata, Derek Wan.

Executivo contrata duas assassinas high tech, convencido de que, para controlar o negócio da família, precisa primeiro eliminar o irmão. Quando uma policial descobre o plano, ele deve destruir todas as evidências, isto é, matar as assassinas e a própria agente. Fantasia em que mulher faz e acontece e se revela melhor de lutas que os homens. O diretor chinês Yuen já era famoso em seu país, mas ficou internacionalmente conhecido ao criar cenas de ação para superfilmes de Hollywood ? Máquina Mortífera 4, X-Men, etc. Reprise, colorido, 110 min.

Intercine

2H10 NA GLOBO

A emissora exibe o preferido do público entre ? Tigerland ? A Caminho da Guerra, de Joel Schumacher, com Colin Farrell, Arian Ash, Haven Gaston, Nick Searcy e Michael Shannon, sobre o treinamento de recrutas numa base norte-americana da Louisiana, por volta de 1970; dali eles serão enviados para o Vietnã; e Cova Rasa, longa de estreia do talentoso diretor Danny Boyle, com Kerry Fox, Christopher Eccleston, Ewan McGregor, Ken Stott e Keith Allen, sobre três amigos que resolvem dividir apartamento com um quarto rapaz, mas ele aparece morto, com uma mala de dinheiro e é o início de um verdadeiro pesadelo para o trio.

Amanhã

A Globo exibe amanhã, no Intercine, o preferido do público entre ? Horror em Amityville, de Andrew Douglas, com Ryan Reynolds, Melissa George, Jesse James, Jimmy Bennett, Chloe Grace Moretz e Philip Baker Hall, tentativa de renovação da franquia sobre família que se muda para casa habitada por entidade maligna (EUA, 2005, fone 0800-70-9011); e Sete Anos no Tibete, de Jean-Jacques Annaud, filme de visual deslumbrante, com Brad Pitt como o alpinista austríaco Heinrich Harrer, um simpatizante do nazismo que tenta escalar o Everest e cuja vida muda quando ele se envolve com o jovem dalai-lama, de apenas 14 anos (EUA, 1997, fone 0800-70-9012).

TV Paga

Árido Movie

0H30 NO CANAL BRASIL

Brasil, 2005. Direção de Lírio Ferreira, com Guilherme Weber, Giulia Gam, Matheus Nachtergaele, Renata Sorrah, José Dumont, Selton Mello, Mariana Lima, Gustavo Falcão, Luiz Carlos Vasconcelos, Aramis Trindade, Magdale Alves.

Você pode discutir o desfecho deste filme ? aquela encenação sobre a água ?, mas terá de reconhecer no cartaz do Canal Brasil o trabalho mais elaborado e maduro do diretor Lírio Ferreira. Ele também é ótimo documentarista, como prova O Homem Que Engarrafava Nuvens, em cartaz nos cinemas, mas a ficção de Árido Movie é muito forte. Guilherme Weber faz o homem do tempo da TV, que volta ao árido, onde nasceu, para enterrar o pai. Ele encontra um mundo complexo, em que a família se mistura a índios, plantadores de maconha, políticos conservadores e líderes espirituais. Nesse quadro, o personagem vive o que não deixa de ser seu transe. Reprise, colorido, 115 min.

Crimes de Autor

0H30 NO TELECINE CULT

(Roman de Gare). França, 2007. Direção de Claude Lelouch, com Dominique Pinon, Fanny Ardant, Audrey Dana, Michèle Bernier, Boris Ventura, Myriam Boyer, Zinédine Soualem.

Fanny Ardant faz escritora de romances populares que busca um tema ? ou personagem ? para novo livro. Sua vida se mistura com a de fugitivo da cadeia e cabeleireira que quer mudar (de amor e profissão). O filme que o diretor francês Lelouch trouxe a São Paulo quando foi homenageado pela Mostra de Cinema, há três anos, é um dos melhores, senão o melhor de sua carreira. Lelouch ganhou a Palma de Ouro e o Oscar com Um Homem, Uma Mulher, mas aquele é o tipo do filme mistificador que os críticos amam odiar (e não se pode dizer que não tenham razão). Reprise, colorido, 103 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.