Liqüidação na Inglaterra enfurece grife italiana

A direção da grife italiana Prada está furiosa com uma liqüidação de roupas suas queestá sendo promovida em Londres por outra loja, que já atraiu mais de 6 milpessoas em poucos dias. A empresa publicou um anúncio demeia página em jornais ingleses dizendo não estar associada demaneira nenhuma à "maior liqüidação pública de uma só marca".A empresa Stockpile, que está vendendo as roupas da Prada em Londres, comprou um lote de sobras de coleções dos italianos e está anunciando a venda das peças com "70% dedesconto". A direção da marca alega que o que está sendonegociado são "peças velhas, tiradas de finais de coleçõeslançadas entre 1997 e 2000" e que a oferta dos 70% está"enganando os consumidores e não é baseada nos preços reais daPrada".Em sua defesa, a Stockpile diz apenas que no contrato de comprado lote havia a proibição de revenda na Itália. A realpreocupação da Prada, no entanto, é o excesso de peças decoleções antigas no mercado ? já que a própria marca estádisponibilizando peças "vintage", que são supostas reproduçõesde linhas lançadas anos atrás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.