Lindsay Lohan tem breve recaída alcoólica, diz advogado

Atriz, que já foi internada várias vezes em 2007, foi flagrada no ano-novo tomando champanhe de uma garrafa

Michelle Nichols, REUTERS

04 de janeiro de 2008 | 12h16

O advogado da atriz Lindsay Lohan disse que ela teve uma breve recaída no álcool no ano-novo, encerrando um ano em que internou-se várias vezes em clínicas de reabilitação e foi detida por dirigir embriagada e por posse de cocaína. Lohan, de 21 anos, foi flagrada em vídeo postado no site de celebridades TMZ.com tomando champanhe de uma garrafa na Itália, onde recebeu uma homenagem no Festival de Cinema de Capri. Em comunicado à imprensa, seu advogado, Blair Berk, disse: "Depois de receber uma garrafa de champanhe quando estava numa pista de dança na Itália, na véspera do ano-novo, e dar alguns goles, a boa notícia é que Lindsay parou imediatamente, ligou para seu conselheiro e voltou a comportar-se corretamente." Lohan ficou célebre como atriz-mirim em filmes da Disney como Operação Cupido e Sexta-feira Muito Louca. Mais recentemente, foi considerada uma atriz promissora por sua performance em filmes como Bobby e A Última Noite. Em dezembro de 2006 ela disse que vinha participando de reuniões dos Alcoólicos Anônimos havia um ano, e em janeiro de 2007 internou-se numa clínica de recuperação por um mês. Em maio ela voltou à clínica depois de ser presa por dirigir embriagada e bater seu carro. Pouco depois de sair da clínica, em julho, Lohan foi detida novamente, dessa vez por dirigir embriagada e posse de cocaína. Ela se internou pela terceira vez no ano, passando dois meses numa clínica no Utah.

Tudo o que sabemos sobre:
GENTELOHANRECAIDA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.