Lindsay Lohan se apresenta à prisão, mas é liberada horas depois

A atriz Lindsay Lohan se apresentou à prisão no domingo para começar a cumprir pena por ter violado sua condicional, mas ela foi liberada horas depois devido à superlotação.

REUTERS

07 de novembro de 2011 | 15h15

Lohan, 25, se apresentou ao Century Regional Detention Facility em Lynwood por volta das 21h (horário local) para começar a cumprir uma sentença de 30 dias por violação de condicional, informou o departamento policial de Los Angeles.

Mas horas depois, pouco após as 1h30 de segunda-feira, ela foi retirada de carro da unidade e levada para sua casa na cidade californiana de Venice.

Lohan admitiu a um tribunal na semana passada que violou sua condicional ao não comparecer para prestar serviço comunitário e a sessões de terapia.

A juíza do Tribunal Superior de Los Angeles Stephanie Sautner deu sentença de 300 dias para a atriz, mas decidiu que ela deveria inicialmente cumprir 30 dias e deveria se entregar até 9 de novembro.

O porta-voz do departamento policial Steve Whitmore disse que, por conta da superlotação e por Lohan não se tratar de uma transgressora não violenta que tem pena menor que 90 dias, ela foi fichada e liberada.

De acordo com a decisão da juíza, os 270 dias restantes da sentença serão suspensas caso Lohan compareça ao serviço comunitário e às sessões de terapia.

(Reportagem de Chris Michaud)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTELOHANPRISAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.