Matt Sayles/AP
Matt Sayles/AP

Lindsay Lohan deixa prisão e segue para centro de reabilitação

Atriz cumpria pena por violar condicional ao se ausentar de sessões de educação para alcoólatras

estadão.com.br

02 de agosto de 2010 | 08h23

LOS ANGELES - A atriz americana Lindsay Lohan saiu da prisão na madrugada desta segunda-feira, 2, depois de passar menos de duas semanas no Centro Correcional de Lynwood, informaram as autoridades do condado de Los Angeles, de acordo com a rede de notícias CNN. Ela agora deve passar três meses em um centro de reabilitação.

 

A atriz foi libertada às 1h35 locais (3h35 em Brasília) e posteriormente levada a um centro de tratamento. Lindsay foi presa no último dia 20 e deveria passar entre 13 e 15 dias atrás das grades.

 

A atriz foi sentenciada a 90 dias de prisão por violar sua condicional ao perder sete aulas do programa de educação para consumidores de álcool desde dezembro, mas a pena foi posteriormente reduzida. A pena também prevê que ela passe por um centro de reabilitação, para onde foi levada, após o período de prisão.

 

Lindsay está em condicional desde agosto de 2007, depois de declarar-se culpada por contravenção relacionada às drogas e por não ter contestado três acusações de infração de trânsito.

 

As autoridades carcerárias, que têm o poder de libertar prisioneiros em caso de superlotação dos centros de detenção, disseram que o novo julgamento da atriz deve ocorrer na semana que vem. A presença dela no tribunal, porém, não é obrigatória, uma vez que ela deverá estar em um programa de reabilitação.

Tudo o que sabemos sobre:
Lindsay LohanLohanLindsaycelebridades

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.