Lincoln e Argo lideram indicações para o Globo de Ouro 2013

Vencedores serão conhecidos no dia 13 de janeiro

O Estado de S.Paulo

14 de dezembro de 2012 | 02h10

Lincoln recebeu sete indicações para o Globo de Ouro 2013, incluindo melhor filme na categoria drama, melhor diretor, melhor ator para Daniel Day-Lewis e melhor atriz coadjuvante para Sally Field. Dirigido por Steven Spielberg, o filme narra os últimos dias de Abraham Lincoln na presidência dos EUA.

O segundo longa mais indicado para o prêmio dado pela associação de correspondentes estrangeiros em Hollywood foi Argo, de Ben Affleck. O filme que conta a saga de um resgate inventado pela CIA, que, com a ajuda de Hollywood, inventou que uma equipe de filmagem procurava locações para um filme em Teerã, chamado Argo, para conseguir resgatar seis diplomatas americanos da capital do Irã, na famosa crise dos reféns de 79. O longa, dirigido e estrelado por Affleck, levou as indicações a melhor filme drama, diretor e ator (para Affleck), ator coadjuvante para Alan Arkin e roteiro para Chris Terrio.

Django Livre, de Quentin Tarantino, também recebeu cinco indicações, para melhor filme drama, diretor e roteiro para Tarantino, ator coadjuvante para Leonardo DiCaprio e para Christoph Waltz. A mais nova empreitada tarantinesca retrata a trajetória de Django (Jamie Foxx), um escravo negro liberto que, sob a tutela de um caçador de recompensas alemão (Christoph Waltz), vira mercenário e parte para encontrar e libertar a sua esposa do subjugo do fazendeiro Calvin Candie (Leonardo DiCaprio).

Ainda na lista dos dramas, também concorrem a melhor filme As Aventuras de Pi, inspirado no livro A Vida de Pi, de Yann Martel, e dirigido por Ang Lee, e A Hora Mais Escura, saga de Kathryn Bigelow sobre a perseguição a Osama Bin Laden.

Na categoria comédia/musical, concorrem a melhor filme O Exótico Hotel Marigold, Os Miseráveis, Moonrise Kingdom, Amor Impossível e O Lado Bom da Vida. Para melhor filme estrangeiro, foram nomeados Amour (Áustria), A Royal Affair (Dinamarca), Intocáveis (França), Kon-Tiki (Noruega, Reino Unido, Dinamarca) e Ferrugem e Osso (França).

Entre os concorrentes da TV, o prêmio de melhor série drama é disputado por Breaking Bad, Boardwalk Empire, Downton Abbey, Homeland e The Newsroom. Já entre as comédias e musicais, concorrem a melhor série The Big Bang Theory, Episodes Girls, Modern Family e Smash. / COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.