Liberdade de imprensa em livro

LITERATURA

, O Estado de S.Paulo

27 de outubro de 2010 | 00h00

A Fundação Memorial da América Latina lança amanhã, das 19h30 às 21h30, na Livraria Cultura do Shopping Bourbon, o livro Liberdade de Expressão, Direito à Informação nas Sociedades Latino-Americanas. Organizada pela professora e jornalista Cremilda Medina, a obra reúne ensaios - que tiveram origem em seminário realizado no primeiro semestre, no Memorial, com estudiosos e jornalistas -, que debatem as ameaças recorrentes de autoritarismo e de censura explícita aos meios de comunicação, ainda na primeira década do século 21. O livro traz reflexões sobre a imprensa de nomes brasileiros como Pedro Ortiz, Márcia Blasques, Alberto Dines, Eugênio Bucci, Demétrio Magnoli e José Maria Mayrink, do Estado. Além do venezuelano Adrián Padilla Fernández e do argentino Darío Pignotti, que analisam o cenário em seus países. No mesmo evento, também será lançado o livro Memorial da América Latina 21 Anos, de Shozo Motoyama e Rafel Yamin, registrando a trajetória da fundação. A Livraria Cultura fica na Rua Turiaçú, 2.100. Mais informações pelo tel. 3868-5100.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.