Levamos duas Grace Kellys para passear

Divirta-se circula pela exposição da princesa de Mônaco em São Paulo

Marcelo Duarte - Curiocidade - Divirta-se - O Estado de S. Paulo,

20 de maio de 2011 | 06h00

Convidamos duas Grace Kellys paulistanas para visitar as 900 peças (entre vestidos, acessórios e joias) da exposição ‘Os Anos Grace Kelly - Princesa de Mônaco’. A mostra está em cartaz no Museu de Arte Brasileira da Faap, até o próximo dia 10 de julho. Grace Kelly da Silva, de 23 anos, ganhou esse nome por causa da ex-patroa de sua mãe. "Ela ficou grávida e, como era fã da Grace, deu esse nome para o bebê", diz a xará da princesa (morta em 1982), que é corretora de imóveis e mora em Aricanduva, na Zona Leste da cidade. "Minha mãe achou lindo e quis copiar a ideia." O batismo de Grace Kelly de Cássia Ferreira Pazetti, dona de casa de 34 anos, não foi inspirado em sua homônima mais famosa. "Meu pai queria Grace e minha mãe, Kelly", conta ela. Foi a funcionária do cartório quem sugeriu a solução para o impasse. "Ela disse: ‘por que não colocam os dois e fica logo igual ao nome da princesa, hein?’", diz Grace, que mora no bairro do Carrão, também na Zona Leste. Quando se casou, em 1997, ela usou um vestido parecido com o da princesa, um dos modelos mais copiados do mundo. "Mas foi coincidência", garante. "Naquela época, eu ainda não tinha visto uma foto do vestido dela".

 

R. Alagoas, 903; Higienópolis.

 

Veja um vídeo com imagens da visita das Grace Kellys paulistanas à exposição:

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.